AVISO: Você deve habilitar Javascript no seu navegador para ver este conteúdo corretamente.

Imagem de fundo da barra do MPF

Ir para o conteúdo. | | Ir para a navegação

Logo da PRRJ
 
Imagem do logo da PRRJ
Imagem do logo do Youtube | Imagem do logo do twitter | Imagem do logo do rss
Você está aqui: Página Inicial Sala de Imprensa Eventos e Audiências Audiência Pública Contratação da EBSERH para Hospital Universitário Gaffrée e Guinle-Unirio

Audiência Pública Contratação da EBSERH para Hospital Universitário Gaffrée e Guinle-Unirio

25/10/2013

Evento aconteceu no dia 25 de outubro na sede da Procuradoria no Rio de Janeiro

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro realizou no dia 25 de outubro audiência pública para debater a possível administração do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). A audiência promoveu o debate sobre a transferência de serviços públicos de saúde e de educação à pessoa jurídica de direito privado, além de colher informações sobre a atual política de seleção de recursos humanos para a Unirio bem como a adesão à EBSERH.

Em agosto, o MPF expediu recomendação ao reitor da Unirio para que não submeta à deliberação do Conselho Universitário (Consuni) a proposta de aderir e contratar a EBSERH antes de proporcionar um amplo debate e discussões acerca do tema. Caso ocorra a adesão e contratação, os serviços públicos de saúde e educação do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle passarão a ser administrados pela EBSERH.

Convocada pelas procuradoras da República Marina Filgueira e Roberta Trajano, a audiência pública teve entre os convidados representantes da EBSERH, o reitor da Unirio, expositores da área da educação e saúde e demais membros da sociedade civil.

 

Documentos relacionados:

- Edital

- Ata da audiência pública

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

Tels: (21) 3971-9460/9488

MPF consegue prisão de condenada por falsificação de documentos

Menu