AVISO: Você deve habilitar Javascript no seu navegador para ver este conteúdo corretamente.

Imagem de fundo da barra do MPF

Ir para o conteúdo. | | Ir para a navegação

Logo da PRRJ
 
Imagem do logo da PRRJ
Imagem do logo do Youtube | Imagem do logo do twitter | Imagem do logo do rss
Você está aqui: Página Inicial FrontPage Notícias MPF obtém prisão de dois assaltantes de banco
Ações do documento

MPF obtém prisão de dois assaltantes de banco

publicado em 12/05/2008
Réus são condenados a mais de sete anos de reclusão

A pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro, a Justiça condenou Marcelo de Souza Matos (nove anos de prisão) e Marcos Vinicius Justos Lins (sete anos, dez meses e 15 dias) pela invasão e roubo de uma agência da Caixa Econômica Federal em setembro passado. Eles tiveram a prisão decretada pela 6ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro a partir de uma denúncia apresentada pelo procurador da República Luiz Fernando Lessa (processo nº 2007.51.01.490187-4).

Os dois réus foram condenados pelos crimes de roubo (art. 157 do Código Penal), agravado pelo uso de arma, envolver duas ou mais pessoas e restringir a liberdade de vítimas, e por formação de quadrilha (art. 288). A denúncia foi oferecida após a prisão em flagrante dos dois réus, numa tentativa de invasão e roubo da agência Parada de Lucas da Caixa.

Para cometer o crime, Marcelo e Marcos Vinicius usaram armas de uso restrito e estavam acompanhados por três pessoas ainda não identificadas. Durante o roubo, eles renderam e pegaram as armas dos vigilantes do banco, que foram amarrados e amordaçados no almoxarifado, com outros funcionários. Com os réus, foram apreendidos cerca de R$ 19 mil retirados do banco, três revólveres Taurus Special, que eram dos seguranças, o telefone celular de um vigilante, um colete a prova de balas e a fita de vídeo do sistema de segurança da agência. Ao fugir, alguns assaltantes roubaram um Corsa preto ameaçando seus ocupantes, mas colidiram com o meio-fio ao tentarem escapar de marcha-ré, permitindo a prisão de Marcos Vinicius, que ficou baleado dentro do carro.

Menu