AVISO: Você deve habilitar Javascript no seu navegador para ver este conteúdo corretamente.

Imagem de fundo da barra do MPF

Ir para o conteúdo. | | Ir para a navegação

Logo da PRRJ
 
Imagem do logo da PRRJ
Imagem do logo do Youtube | Imagem do logo do twitter | Imagem do logo do rss
Você está aqui: Página Inicial FrontPage Notícias MPF quer apuração de vazamento de escuta telefônica
Ações do documento

MPF quer apuração de vazamento de escuta telefônica

publicado em 19/12/2006
Procuradores repudiam divulgação de diálogos sigilosos

O Ministério Público Federal requisitou à Polícia Federal instauração de inquérito policial para apurar o vazamento de trechos contendo gravações de monitoramento telefônico. Os procuradores da República enviaram ofício ao Superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro determinando que o inquérito criminal identifique o responsável que permitiu a veiculação do áudio de conversas de denunciados e investigados do caso conhecido como Operação Gladiador.
O MPF repudia o vazamento das conversas telefônicas sigilosas. As gravações contém diálogos que ainda são objeto de investigação. Comunicado sobre a requisição o juiz titular da 4ª Vara Federal Criminal também manifestou seu repúdio ao vazamento.
O MP Federal esclarece também que, de acordo com os artigos 53 e 54 da Constituição Federal, a diplomação garante foro privilegiado a parlamentares eleitos ainda que não empossados

Menu