AVISO: Você deve habilitar Javascript no seu navegador para ver este conteúdo corretamente.

Imagem de fundo da barra do MPF

Ir para o conteúdo. | | Ir para a navegação

Logo da PRRJ
 
Imagem do logo da PRRJ
Imagem do logo do Youtube | Imagem do logo do twitter | Imagem do logo do rss
Você está aqui: Página Inicial FrontPage Notícias MPF quer saber se deportados utilizaram passaportes falsos
Ações do documento

MPF quer saber se deportados utilizaram passaportes falsos

publicado em 26/01/2004

O Ministério Público Federal, através dos procuradores Marcelo Freire, Daniel Prazeres, Lisiane Braecher e Luiz Fernando Lessa, reiterou o pedido de requisição para a identificação dos cidadãos brasileiros que serão deportados dos EUA e desembarcarão no país no próximo dia 28. O pedido foi feito ao Diretor Geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, em 09 de janeiro deste ano. De acordo com o consulado americano no Rio de Janeiro, são 266 brasileiros que virão no primeiro vôo fretado. O MPF pede que eles sejam ouvidos assim que estiverem em território nacional.

A Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro quer saber se os passaportes contêm o mesmo tipo de falsificação verificada em esquema fraudulento desarticulado na Operação Planador.

“- É necessário investigar se foram utilizados passaportes ideológica ou materialmente falsos no momento da saída do Brasil” – esclarece o procurador Marcelo Freire.

A Operação Planador identificou uma quadrilha de falsificadores de passaportes e outros documentos que facilitassem a obtenção de visto para entrada nos EUA, como já foi amplamente divulgado pela imprensa.

O MPF requer, ainda, ao Diretor Geral da PF, que seja encaminhada cópia de toda documentação pertinente relativa a fatos relacionados à Operação Planador.

Também foram encaminhados ofícios à Comissão Parlamentar encarregada de acompanhar os deportados, pedindo informações relativas ao trabalho.

Menu